Categorias

Voltar

É notório que o país atravessa um momento difícil. Neste momento, as pessoas buscam se adaptar às dificuldades do mercado, entender os rumos que a economia se redesenha e se preparar para buscar as oportunidades que porventura apareçam. Porém, o contexto de crise, que deixa os profissionais em geral de cabelo em pé, costuma ser uma excelente oportunidade para os Engenheiros de Produção... Mas, por quê?

Papel do Engenheiro

O principal papel do Engenheiro de Produção é otimizar processos, sejam eles nas mais diversas áreas. Otimizar significa ser mais eficiente, reduzir custos e melhorar a produtividade, ou seja, este não seria o melhor momento para o mercado olhar para esses profissionais?

O mercado atual do Engenheiro de Produção é irrestrito, pois este profissional permeia em áreas como Controle de Produção, Qualidade, Finanças, Contabilidade, Gestão, Sustentabilidade, Marketing, Logística e outras; desde o chão de fábrica até a entrega de um produto final; da contratação de funcionários até a definição do custo do produto; do levantamento das matérias primas até o processo de marketing e vendas.

Além disso, ao definir o modelo de trabalho baseado com processos, o profissional moderno se habilita para atuação em qualquer área, pois em sua concepção, o que varia são os insumos. 

O que uma fábrica, uma transportadora, uma escola, um hospital, um banco têm em comum?

Que todos são organizações, que precisam de atuação nas áreas de planejamento, comercial, RH, estoques, jurídica, contábil e que todas elas possuem receitas e despesas.

O Mercado

Neste contexto, o Engenheiro de Produção é campeão! Sua multidisciplinaridade lhe garante o maior mercado de trabalho atual, pois vagas como: supervisor de logística, gerente de produção, analista de estoques, controlador de qualidade e muitas outras oportunidades.

Aliado a isso, as empresas de pequeno e médio porte avançam ainda mais no conhecimento do valor a este profissional, representando um amplo custo x benefício com relação aos seus processos.

Na Redentor, os Engenheiros de Produção são graduados com conhecimentos nas 10 áreas técnicas definidas pela ABEPRO, a Associação Brasileira de Engenharia de Produção.

Gostou?   Venha conhecer mais sobre o curso!