Voltar

Encontre algo de que você realmente goste - Estudar programação não é fácil.  Por mais de cinco períodos, na faculdade, programava no piloto automático, pois não gostava, estudava apenas para passar nas disciplinas. Quando descobri que era possível fazer aplicativos para smartphones, foi aí que comecei realmente a estudar. Posso dizer que o Java no J2ME e, depois, o Java no Android salvaram a minha carreira. Então, se você gosta de web, procure linguagens que te ajudem a criar sistemas web.  Se gosta de jogos, procure linguagens utilizadas em jogos, etc.

Estude - Todos gostamos de ter conhecimento, mas o processo de adquirir conhecimento é complicado demais. Se você gosta de ler, leia o máximo possível de livros relacionados com a linguagem de programação escolhida ou com as melhores práticas de programação. Muitos gostam de assistir aos vídeos, então, procure professores conhecidos no youtube ou nas redes sociais; há muita gente ensinando por aí. Mescle essas formas e o mais importante: estude muito. Não conheço um programador bom que estudou pouco.

Crie uma rede de estudos - Em muitos momentos, você vai acabar travado, sem saber para onde ir.  Aí, é legal ter um amigo que esteja aprendendo com você ou alguém que possa ser o seu mentor. Por experiência própria, ficar dias parado por conta de uma simples configuração, tira até o Papa do sério!

Não desista - Segundo Raul Seixas: "Tente outra vez!". Sim, você terá vontade de desistir muitas vezes, mas superando as primeiras barreiras, que são as mais altas, tudo vale a pena.

Crie algo - Já publiquei mais de 30 aplicativos. Meu primeiro app teve 10.000 downloads, número muito alto para época e mais ainda quando você vir a funcionalidade do aplicativo. Tenho um app feito ainda na faculdade, o Finanças simples.  Ele tem quase 100.000 downloads. Nenhum desses aplicativos são ideias mirabolantes, mas, sempre que eu aprendia algo, acabava criando um aplicativo relacionado com aquilo. Sem dúvidas, essa é uma boa forma de manter o estímulo para estudar, criar um portfólio e ter algo para chamar de seu.
 

Categorias: