Comissão Permanente de Avaliação

A Comissão Permanente de Avaliação (CPA) é o órgão responsável pela Auto-avaliação Institucional na Faculdade Redentor. O processo de avaliação das Instituições de Ensino Superior (IES) foi regulamentado em 2004, através da Lei 10.861, que instituiu o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) no Brasil.

O Sinaes é vinculado ao Ministério da Educação através Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza as informações decorrentes da Avaliação Institucional juntamente com a Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (Conaes).

O Sistema Nacional de Avaliação é alicerçado por três modalidades principais de avaliação.

1) Avaliação das Instituições de Educação Superior - AVALIES:

a) auto-avaliação: estruturada, organizada e executada pela Comissão Própria de Avaliação de cada IES. A Faculdade Redentor optou pela Comissão Permanente de Avaliação (CPA).

b) avaliação externa: realizada para fins de autorização, reconhecimento, renovação de reconhecimento dos cursos e das IES por comissões designadas pelo MEC/Inep.

2) Avaliação dos Cursos de Graduação (ACG): realizada por comissões designadas pelo MEC/Inep. Na Faculdade Redentor a Comissão Permanente de Avaliação é a responsável pelas orientações e informações sobre a ACG.

3) Avaliação do Desempenho dos Estudantes (Enade): realizado pelo MEC/Inep e aplicado a todos os alunos ingressantes e concluintes dos cursos de graduação.

A Faculdade Redentor tem em seu eixo norteador a busca constante da qualidade e é com este objetivo que foi criada a CPA. A auto-avaliação é um importante instrumento para a tomada de decisões e dela resulta um relatório abrangente e detalhado, contendo análises, críticas e sugestões da Comunidade Acadêmica - alunos, professores, funcionários, gestores e egressos - que são repassadas diretamente à Diretoria da Faculdade Redentor. Com base nestas informações, a Direção elabora um plano de Ações e Medidas para resolver os problemas detectados nos questionários que são aplicados durante o ano letivo. A avaliação interna é um processo contínuo pelo qual a Instituição constrói o conhecimento sobre sua própria realidade, buscando atender a todos os padrões de excelência e qualidade no desenvolvimento do potencial humano. Prezado aluno, responda aos questionários atentamente para que possamos fortalecer o trabalho da CPA, fazendo valer a sua opinião melhorando cada vez mais a nossa Faculdade.

Utilize esta ferramenta!

As dimensões a serem consideradas pela Avaliação Institucional Interna foram estabelecidas pela Lei 10.861/04, art. 3º, que instituiu o Sinaes. São elas:

1) A Missão e o Plano de Desenvolvimento Institucional;

2) A política para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos para estímulo à produção acadêmica, as bolsas de pesquisa, de monitoria e demais modalidades;

3) A Responsabilidade Social da Instituição, considerada especialmente no que se refere à sua contribuição em relação à inclusão social, ao desenvolvimento econômico e social, à defesa do meio ambiente, da memória cultural, da produção artística e do patrimônio cultural;

4) A Comunicação com a Sociedade;

5) As Políticas de Pessoal, as carreiras do corpo docente e do corpo técnico-administrativo, seu aperfeiçoamento, desenvolvimento profissional e suas condições de trabalho;

6) Organização e Gestão da Instituição, especialmente o funcionamento e representatividade dos colegiados, sua independência e autonomia na relação com a mantenedora, e a participação dos segmentos da comunidade universitária nos processos decisórios;

7) Infraestrutura Física, especialmente a de ensino e pesquisa, biblioteca, recursos de informação e comunicação;

8) Planejamento e Avaliação, especialmente em relação aos processos, resultados e eficácia da auto-avaliação institucional;

9) Políticas de Atendimento a estudantes e egressos;

10) Sustentabilidade Financeira, tendo em vista o significado social da continuidade dos compromissos na oferta da educação superior.


NOME

SETOR

Cileny Carla Saroba Vieira Thomé

Presidente (CPA)

Amanda Camerini Lima

Representante Docente

Vagner Rocha Simonin de Souza

Representante Docente

Andressa dos Reis Oliveira

Representante Discente (Ciências Biológicas)

Mirela Machado de Paula

Representante Discente (Arquitetura)

Caio Marcio Antinarelle Freitas

Representante Discente (Engenharia Civil)

Fabiana Pereira Costa Ramos

Representante Técnico Administrativo

Juliana de Oliveira Nascimento Nunes

Representante Técnico Administrativo

Rúbia Christina Lopes Ribeiro

Representante Técnico Administrativo

Dura Ferrer Menezes

Membros da Sociedade Civil Organizada

Altevo Nino Belieny dos Santos Junior

Membros da Sociedade Civil Organizada

Marino Guedes Pani Junior

Membros da Sociedade Civil Organizada

A Primeira Comissão Permanente de Avaliação - CPA foi formada através da Portaria nº 0016/SUR/FR/04 de 14 de junho de 2004, atendendo o disposto na Lei nº 10.861 de 14 de abril de 2004 e na Portaria/MEC nº 2.051 de 09 de julho de 2004.

A atual constituição da CPA da Faculdade Redentor foi reformulada com a indicação de novos membros, considerando o potencial de entrosamento e empatia de cada um, com a Comunidade Acadêmica (alunos, professores, funcionários, gestores e egressos).

Com o surgimento da CPA no ano de 2004, foi realizado um trabalho de sensibilização com toda a comunidade acadêmica através de visitas nas salas de aula, anúncios em murais e boletins internos da Faculdade.

Internamente, a CPA definiu seus grupos de trabalho e estes grupos trabalharam na atualização e reformulação dos instrumentos de avaliação (questionários, entrevistas e/ou outros) e definição dos recursos envolvidos no processo avaliativo.

Os instrumentos de avaliação (questionários) utilizados na aplicação buscam contemplar os aspectos qualitativos e quantitativos.

Através da Meta-avaliação realizada pelos docentes e técnicos-administrativos da IES, os instrumentos de avaliação são reformulados a cada ano letivo.

Atualmente a Faculdade Redentor utiliza o método online de Avaliação Institucional.


Principais objetivos da CPA são:

1. incentivar um método de autocrítica da IES, tendo em vista a garantia da excelência de sua ação em harmonia com os seus próprios objetivos e a prestação de contas com as demandas da sociedade, do mercado e da ciência;

2. avaliar os processos educativos e pedagógicos que ocorrem no interior da Instituição e que abrangem o ensino, a pesquisa e a extensão;

3. permitir adaptações seja no projeto pedagógico da Instituição, seja nas ações por ela desenvolvidas, com a finalidade de (re)estabelecer compromissos com a sociedade;

4. repensar alvos, modos de desempenho e resultados a fim de aperfeiçoar a harmonia da IES com o momento histórico;

5. analisar, sugerir e programar alterações na prática acadêmica e na gestão da IES, para a formulação de projetos pedagógicos e institucionais socialmente legitimados e indispensáveis.

Deste modo, o processo avaliativo que a CPA recomenda poderá expandir o diálogo entre os atores próprios da IES e dela com a sociedade, contribuindo para o aperfeiçoamento do ensino, para melhor qualificar e intensificar a pesquisa e a extensão, agilizar e racionalizar a gestão, bem como torná-la cada vez mais atualizada com as necessidades da prática acadêmica.